Sabor e prazer envolvidos nos encantos da gastronomia

Arte não limita idade e o horizonte criativo de cada um

 

 

Quem não se sente satisfeito com uma panela de brigadeiro feito na hora? Quem não ‘come com os olhos’ doces elaborados e coloridos pelas vitrines afora? E os olhos fechados e o suspiro profundo ao provar um risoto? Diversos são os sentimentos de felicidade expressos quando falamos da influência da gastronomia na vida de quem a escolhe. Já dizia o renomado chef francês Michel Bras: “O cozinheiro é, antes de tudo, um vendedor de felicidade”.

 

 

A descoberta para o talento de criar, decorar e provar delícias pode aparecer de maneira despretensiosa, a partir de um encontro com amigos, e desvendar caminhos antes nunca imaginados para pessoas de diferentes idades.

 

 

“Muitos buscam os cursos rápidos, mais voltados para quem quer entrar no mundo da gastronomia ou confeitaria por hobbie, para fazer um prato diferente aos amigos, à família nos fins de semana, um jantar diferente e que saia da rotina”, aponta a coordenadora do IGA (Escola de Gastronomia Brasil), de Santo André, Josiane Lima Benites Dias.

 

 

Em tempos de realities shows gastronômicos, não só adultos se tornam protagonistas de criações espetaculares na cozinha, mas as crianças também. Muitas são despertadas para a arte pelos pais, outras puxam os pais para ir até uma escola e colocar a mão na massa. E o encanto rende muita curiosidade e dedicação do público infanto-juvenil. “Temos workshops de um dia para crianças entre 8 e 15 anos, no qual eles podem sentir o gostinho de conhecer como funciona uma cozinha industrial e moderna. Às vezes, entram meio tímidos e no decorrer do curso se apaixonam pela gastronomia, posteriormente, a partir dos 16 anos, podem até iniciar o curso profissional e uma carreira de sucesso”, detalha Josiane.

 

 

Foi na adolescência que a estudante de confeitaria, Lysandra da Silva Almeida, 22 anos, despertou o interesse pela gastronomia, a partir de uma ocasião em que ajudou a irmã. “O contato com o preparo dos doces foi me dando gosto pela arte e descobri que era com aquilo que queria trabalhar. Na época eu atuava na área administrativa e logo percebi que minha felicidade profissional estava em cozinhar. A gastronomia é um trabalho cansativo como qualquer outro, mas é prazeroso demais! Nos tornamos parte de uma família na cozinha, trocamos emoções e colocamos emoção nos doces”, diz a jovem que se orgulha em dizer que já fez e confeitou 15 bolos em um dia.

 

 

 

Lysandra posa orgulhosa ao lado (direito) da professora e das colegas do curso para ser confeiteira - Foto/ Arquivo pessoal 

 

 

 

Assim como Lysandra, a maioria das pessoas que buscam os cursos de gastronomia visam mudar de área profissional. “Temos psicólogos, médicos... Acho que chegam em um momento da vida que percebem o que realmente os movem, qual sua verdadeira paixão e o que irá lhe fazer levantar todos os dias para trabalhar. Quando concluem um prato difícil e elaborado se sentem com dever cumprido, realizados. Podemos ver a satisfação no olhar de cada um, querem tirar foto para mostrar aos familiares”, finaliza a coordenadora da escola de Santo André.

 

 

APRENDIZAGEM

O curso básico de gastronomia se inicia desde o trivial, como cortes de hortaliças, legumes, desossar frango e cortes bovinos e suínos.

 

 

Os cursos profissionais de 2 anos são voltados para o aluno que visa o mercado de trabalho como objetivo. Já para as crianças que levarão a gastronomia a sério o tempo de aprendizado dura em média 8 meses.

 

 

Dedicar-se aos prazeres da gastronomia também é sinônimo de transformação de vidas e mostra horizontes que combinam muito bem com cada ingrediente e tempero dessa história. Uma demonstração dessa ideia é a Gastromotiva, comandada há 13 anos pelo chef David Hertz, que promove a inclusão de pessoas no aprendizado e mercado de trabalho, adere as práticas de sustentabilidade, de combate ao desperdício de alimentos e a má nutrição.

 

 


Fonte:

Josiane Lima Benites Dias – coordenadora do IGA (Escola de Gastronomia Brasil), de Santo André.

Contato: 4902-0001

Gostou do artigo? Compartilhe:
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Email
Twitter
Pocket
Imprimir

GARANTA UM FUTURO SEGURO E TRANQUILO PARA QUEM VOCÊ AMA